11/10/2018 - 14:25 - Atualizado em 15/10/2018 - 11:21

​Conheça seu plano: Postal Saúde divulga Cartilha sobre Reembolso

Disponível no site da Operadora, publicação tira dúvidas sobre o ressarcimento das despesas médicas, as situações em que o reembolso é permitido, os prazos de solicitação, a documentação exigida e outras informações

Muitos beneficiários têm procurado as Unidades de Representação Regional da Postal Saúde para tirar dúvidas sobre o reembolso das despesas médicas no plano CorreiosSaúde II. Para atender a essa demanda — e dando prosseguimento à série de conteúdos para divulgar as regras do novo plano —, a Operadora divulga em seu site www.postalsaude.com.br a Cartilha de Reembolso.

Com 20 páginas e 17 perguntas e respostas, a publicação é dividida em sete tópicos: Das Modalidades de Reembolso, Das Situações Permitidas de Reembolso, Da Solicitação de Reembolso, Dos Canais de Envio da Documentação, dos Prazos, Dos Valores de Reembolso e Do Acompanhamento da Solicitação.

A cartilha traz também o passo-a-passo para o beneficiário consultar os reembolsos solicitados (páginas 13 a 17). Essa consulta pode ser feita no espaço Minha Postal.

Entenda os tipos de reembolso

O reembolso é a devolução integral ou parcial, pelo plano de saúde, das despesas médicas e odontológicas efetuadas pelo beneficiário, em situações específicas.

Na Postal Saúde, existem o Reembolso Livre Escolha e o Reembolso Integral.

Reembolso Livre Escolha

Essa modalidade ocorre quando o beneficiário, por opção e conveniência, utiliza a rede particular não credenciada para realização de serviços de saúde cobertos pela Operadora, uma vez observados os períodos de carência.

Nesse caso, o beneficiário arcará com as despesas e, posteriormente, poderá solicitar reembolso parcial desse pagamento, que será calculado levando em consideração a tabela de valores disponibilizada no site da Operadora, em consonância com os valores praticados pela operadora na localidade onde o serviço foi prestado.

Reembolso Integral

Esse tipo de reembolso poderá ser solicitado em casos de urgência e emergência devidamente caracterizados, quando não houver na localidade rede credenciada à Postal Saúde — de acordo com os critérios definidos pela Operadora — e também quando forem descartadas outras alternativas de garantia de atendimento.

Essas alternativas são o Tratamento Fora do Domicílio - TFD (quando o beneficiário precisa se deslocar para outra cidade) e a Contratação Direta (quando, na ausência de prestador credenciado na localidade e inexistindo opções para TFD, a Postal Saúde contrata diretamente um profissional ou um estabelecimento de saúde não credenciado para garantir o atendimento).

Como solicitar o reembolso

Para solicitar o reembolso nas duas modalidades acima, o beneficiário deverá preencher o "FOP 026.05" – Declaração para Reembolso de Despesas Médicas.

Para onde enviar a documentação

Após preenchido e assinado, o formulário e a documentação obrigatória deverão ser encaminhados às Unidades de Representação Regional da Postal Saúde (URRs), diretamente ou por meio de correspondência. Os endereços das Unidades estão disponíveis no site da Postal Saúde.

Clique aqui para achar a sua Unidade Regional.

Prazos

Conforme preveem as regras atuais, o pedido do reembolso poderá ser feito em até 365 dias após a emissão do recibo ou da nota fiscal referente ao atendimento prestado.

O valor do reembolso será creditado na conta corrente do beneficiário titular, em até 30 dias corridos, a partir da entrega da documentação completa. Por isso, é importante manter sempre os dados bancários atualizados no cadastro da Postal Saúde.

Valores

No Reembolso Integral, os valores serão reembolsados integralmente, descontada a coparticipação conforme o regulamento do plano, desde que tenham ocorrido em consonância com as regras vigentes.

Na modalidade de Reembolso Livre Escolha, o ressarcimento será feito com base nos valores estabelecidos na tabela disponível no site da Operadora, em consonância com aqueles praticados na localidade de prestação do serviço.

Exemplos

A quantia a ser ressarcida é limitada ao valor do recibo ou da nota fiscal, conforme demostrado abaixo:

Reembolso Livre Escolha (situação 1 - valor pago superior à tabela do estado)

Valor pago pelas despesasValor de tabela do estadoValor da Coparticipação
(30% de R$ 700,00)
Valor a ser reembolsado
(deduzido a coparticipação)
R$ 1.500,00R$ 700,00R$ 210,00R$ 490,00
Reembolso Livre Escolha (situação 2 - valor pago inferior à tabela do estado)
Valor pago pelas despesasValor de tabela do estadoValor da Coparticipação
(30% de R$ 600,00)
Valor a ser reembolsado
(deduzido a coparticipação)
R$ 600,00R$ 700,00R$ 180,00R$ 420,00


Leia as outras matérias da série "Conheça seu plano - CorreiosSaúde II":

Conheça seu plano: Canais de atendimento da Postal Saúde

Conheça seu plano: Como calcular sua mensalidade
Conheça seu plano: Inclusão e Carências do plano CorreiosSaúde II

Conheça seu plano: Internações não têm coparticipação no CorreiosSaúde II

Conheça o seu plano: A Postal Saúde está de braços abertos para acolher o beneficiário!


Por: Postal Saúde/Comunicação

Imagem: Stock Photos