Central do beneficiário

​Comunicado aos beneficiários sobre Carta de Portabilidade

Postado por Arlinda Carvalho em 31 Oct 2019 13:09

Com a perda da condição de dependente de pais e mães do plano de saúde, determinada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST), informamos que a Postal Saúde pode emitir Carta de Portabilidade aos beneficiários que a desejarem.

Lembramos que a portabilidade de carências poderá ocorrer em até 60 dias, a partir da exclusão do plano de origem, aos que encontrarem um plano compatível no mercado, conforme prevê a Resolução Normativa nº 438, de 3 de dezembro de 2018, da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Por isso, orientamos que a Carta de Portabilidade seja solicitada à Postal Saúde até o dia 11 de novembro, já que a Operadora de origem deve emitir a carta no período de até 10 dias, a contar da data de solicitação do documento.

O documento poderá ser solicitado à Postal Saúde, por meio da Central de Atendimento ao Beneficiário (0800 888 8116) ou nas filiais da Operadora. Para encontrar a Postal Saúde em seu estado Clique aqui.

Acesse o Guia ANS de planos de saúde para buscar um plano de saúde compatível para portar a carência. Caso haja plano compatível indicado, a operadora de destino é obrigada a aceitá-lo no plano.



Por: Comunicação/Postal Saúde



Filial Amazonas passa a funcionar em novo endereço

Postado por Filipe em 30 Oct 2019 18:39


A filial da Postal Saúde no estado do Amazonas mudou de endereço. A partir de agora, os beneficiários que necessitarem de atendimento presencial devem se dirigir à Avenida André Araújo 82, CEP 69060-00 – Aleixo, Manaus – AM.

A Central de Atendimento ao Beneficiário também está disponível para esclarecimentos sobre o plano CorreiosSaúde e CorreiosSaúde II. Ela funciona 24h por dia, sete dias por semana. Basta ligar no 0800 888 8116 e tirar a sua dúvida.

Postal Saúde. Sua vida, nossa existência.


Por: Comunicação/Postal Saúde

Ministério da Saúde divulga resultados da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo

Postado por Arlinda Carvalho em 29 Oct 2019 18:43

O Brasil atingiu a meta de vacinação de sarampo de 2019 com 95% de cobertura vacinal em crianças de 1 ano. Catorze estados superaram o índice de 95% das crianças vacinadas. Outros 12 estados e o Distrito Federal ainda precisam buscar a meta para evitar a doença.

O anúncio foi feito na terça-feira (29), em Brasília (DF), durante o balanço das ações do Ministério da Saúde da primeira etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo, quando crianças de seis meses a menores de cinco anos tiveram a caderneta de vacinação avaliada.

Os estados que atingiram a meta de vacinação são: Alagoas, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Espírito Santo, Ceará, Paraná, Santa Catarina, Sergipe, Rio Grande do Sul, Tocantins, Goiás, São Paulo e Paraíba. Em relação aos municípios, 34,5% (1.923) precisam reforçar os esforços para atender a meta de vacinação.

Segunda etapa: de 18 a 30 de novembro

A partir de 18 de novembro, terá início a segunda etapa da campanha. Dessa vez, com foco em adultos de 20 a 29 anos que não estão com a caderneta de vacinação em dia. Esse grupo terá a oportunidade de se vacinar até 30 de novembro, quando termina a campanha.


Por: Comunicação/Postal Saúde
Fonte: Ministério da Saúde
Foto: Pixabay Free Photos


Aprovado Novo Estatuto da Postal Saúde

Postado por Wagner Fechine em 25 Oct 2019 18:04

Na noite desta quinta-feira (24), durante a 5ª Assembleia Geral Extraordinária da Postal Saúde, realizada no auditório da Universidade Correios, foi aprovado o novo Estatuto Social da Operadora.

Durante a realização da Assembleia, foram colhidas as assinaturas e os votos dos beneficiários, da patrocinadora (Postalis) e da mantenedora (Correios), ficando, assim, aprovadas as alterações no normativo.

Entre as atualizações, destaca-se o estabelecimento de critérios mais rígidos para o exercício de cargos na Postal Saúde, o que garantirá que a gestão seja conduzida por pessoas de reputação ilibada, de notório conhecimento e com a experiência necessária para assumir a atividade.

As principais alterações foram em nível de governança, para assegurar maior agilidade à Operadora, além de atender aos preceitos da Lei 13.303/2016 (Lei das Estatais), adequando a gestão da Postal Saúde aos critérios definidos pelo Governo Federal.

Não foi objeto de mudança a alteração do Regulamento do Plano de Saúde, que permanece com as mesmas regras e coberturas vigentes. O novo Estatuto visa gerar maior sustentabilidade ao plano de saúde e atender melhor e com mais qualidade os empregados e seus dependentes.

Postal Saúde. Sua vida, nossa existência.

Por: Comunicação/PostalSaúde


25 de outubro|Dia Nacional da Saúde Bucal: A prevenção é a chave

Postado por Arlinda Carvalho em 23 Oct 2019 18:40




No dia 25 de outubro é comemorado em todo país o Dia Nacional da Saúde Bucal. A frase “A saúde começa pela boca” não poderia ser mais verdadeira. Sendo a maior cavidade do corpo a ter contato direto com o meio externo, nossa boca é uma das principais portas de entrada para bactérias e outros microrganismos prejudiciais à saúde. É por isso que uma boa higiene e ir ao dentista regularmente diminui o risco de desenvolvimento de problemas bucais. Além disso, é importante ressaltar que doenças da boca têm também relação direta com o fumo, o consumo de álcool e a má alimentação.

Prevenção é a chave

A prevenção é a forma mais simples e indolor de evitar problemas bucais. A melhor notícia é que passos simples no dia a dia podem contribuir para manter sempre um sorriso saudável. Confira algumas dicas:

- Eliminar a placa bacteriana por meio de escovação adequada e do uso do fio dental diariamente;

- Limpeza da língua, utilizando um raspador, a fim de retirar restos de alimentos;

- Uso racional do açúcar evitando o consumo excessivo de doces;

- Utilização adequada do flúor, com cremes dentais fluorados;

- Evitar o uso de dentaduras ou próteses mal ajustadas;

- Evitar o fumo e o consumo de bebidas alcoólicas;

- Ir ao dentista regularmente.

Dica: Se você tem mais de 40 anos de idade, é, ou foi, consumidor frequente de tabaco e bebidas alcoólicas, e encontrar alguma lesão procure um profissional de saúde para fazer um exame preventivo para o câncer de boca. O exame é visual, rápido e indolor. Quando o câncer é diagnosticado logo que surge, ele pode ser curado com mais facilidade.

Conheça os problemas bucais mais comuns

- Cárie: desintegração do dente provocada pela higiene inadequada, ingestão de doces e carboidratos ou, ainda, por complicações de outras doenças que diminuem a quantidade de saliva na boca. (Ex.: pessoas em tratamento quimioterápico ou radioterápico para o câncer).

- Lesões bucais e aftas: inchaços, manchas ou feridas na boca, língua ou lábios; podem ser provocadas por herpes labial, candidíase (sapinho) e próteses (dentaduras) mal ajustadas.

- Mau hálito: tem várias causas, dentre elas: higiene bucal inadequada (falta de escovação adequada e falta do uso do fio dental); gengivite; ingestão de certos alimentos como, alho ou cebola; tabaco e produtos alcoólicos; boca seca (causada por certos medicamentos, por distúrbios e por menor produção de saliva durante o sono); doenças sistêmicas como câncer, diabetes, problemas com o fígado e rins. A língua possui diversas papilas gustativas entre as quais se formam criptas, ou seja, saquinhos que retêm resíduos de alimentos, células descamadas que começam a fermentar, formando uma placa bacteriana esbranquiçada que aparece no fundo da língua, em direção à ponta, a chamada saburra lingual; essa é, sem dúvida, a principal causa do mau hálito.

- Gengivite: inflamação da gengiva provocada pela placa bacteriana.

- Placa bacteriana: é o conjunto de bactérias que coloniza a cavidade bucal. A placa bacteriana fixa-se principalmente nas regiões de difícil limpeza, como a região entre a gengiva e os dentes ou a superfície dos dentes de trás, provocando cáries e formação de tártaro.

- Tártaro: é o endurecimento da placa bacteriana na superfície dos dentes.


Fonte: Ministério da Saúde
Imagem: Free Fotos Pixabay


Nota de esclarecimento – Assembleia da Postal Saúde

Postado por Filipe em 21 Oct 2019 11:59

Sobre a Assembleia Geral da Postal Saúde, a ser realizada no próximo dia 24, convocada para atualizar o Estatuto Social, nunca houve atualização deste regulamento, o que gera defasagem na governança da operadora. O objetivo é garantir a sustentabilidade financeira da empresa, o que enseja gerir o plano de saúde de forma adequada, com práticas de governança atualizadas.

Dentre as atualizações propostas, destaca-se o estabelecimento de critérios mais rígidos para o exercício de cargos na Postal Saúde, garantindo que a gestão seja conduzida por pessoas de reputação ilibada, de notório conhecimento e com a experiência necessária para assumir a atividade.

O modelo vigente demanda modernização, já que não está conseguindo responder aos desafios atuais. A situação gera prejuízos aos beneficiários, que resultam em reclamações na Agência Nacional de Saúde Suplementar. Este cenário pode sujeitar a Postal Saúde a uma intervenção, com consequências para os usuários do plano de saúde.

A Postal Saúde precisa ser sustentável, atendendo os empregados melhor e com mais qualidade.


Por: Comunicação/Postal Saúde


6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13 | 14