Central do beneficiário

​Sarampo: 9 milhões de jovens de 20 a 29 anos devem se vacinar em todo o Brasil

Postado por Arlinda Carvalho em 18 Nov 2019 20:12


Começou na segunda-feira (18) a segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o sarampo. O foco desta vez são os adultos jovens entre 20 a 29 anos, faixa etária que acumula o maior número de casos confirmados de sarampo, de acordo com o último boletim epidemiológico. São mais de 9 milhões de adultos jovens não vacinados contra a doença ou com o esquema vacinal incompleto, que deve ser com duas doses da vacina.

O lançamento da campanha foi feito nesta segunda-feira (18), em Brasília, pelo ministro interino do Ministério da Saúde, João Gabbardo, e pelo secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson de Oliveira. A realização dessa etapa da campanha é importante para interromper a cadeia de transmissão do vírus do sarampo em jovens desta faixa etária que não tomaram as duas doses da vacina. A campanha faz parte das ações do Movimento Vacina Brasil e o Dia D acontecerá no dia 30 de novembro, mesmo dia que a campanha se encerra.

Doses extras

Para atender a demanda, o Ministério da Saúde enviou 5,2 milhões de doses extras da vacina tríplice viral aos estados em outubro. Além disso, há 2,3 milhões de doses, enviadas durante a primeira etapa da campanha, em estoque dos estados. Para novembro, está prevista a entrega de mais de 4 milhões de doses pelos fornecedores, que serão enviadas aos estados conforme a necessidade, totalizando 11,3 milhões de doses extras.

A vacinação direcionada para este público reduz a possibilidade de aglomeração nas Unidades de Saúde em decorrência da procura da vacina.

Para o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira, ainda é preciso esclarecer que há recomendações importantes às gestantes, que não podem tomar a vacina durante a gestação, mas que precisam se proteger antes de engravidarem. “Caso a mulher esteja grávida ao tomar a vacina, a recomendação é que seja feito acompanhamento. O público de 20 a 29 anos comporta um grande número de mulheres em idade fértil e é importante que se vacinem, caso não estejam grávidas”, afirma.

Surto

Vale lembrar que o surto de sarampo ainda se encontra em atividade no país. Atualmente, 5.660 casos foram confirmados e 19 estados se encontram em transmissão ativa. A maioria dos casos (90,5%) estão concentrados em 176 municípios (27%) do estado de São Paulo, principalmente na região metropolitana. De janeiro deste ano a 26 de outubro, 10.429 casos de sarampo foram confirmados em todo o Brasil. Os dados acumulados são de surtos da região norte do país, iniciado em fevereiro de 2018 e iniciado em São Paulo por um navio, em maio deste ano.

A Campanha

A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo é uma estratégia para interromper a circulação do vírus da doença no país e acontece de forma seletiva em duas etapas. A primeira etapa aconteceu no período de 7 a 25 de outubro com objetivo de proteger as crianças de 6 meses a 5 anos, grupo mais vulnerável às complicações, sequelas e óbitos.

O Brasil atingiu a meta de vacinação de sarampo de 2019 com 97% de cobertura vacinal em crianças de até 1 ano, melhor cobertura vacinal dos últimos cinco anos. Dezesseis estados superaram o índice de 95% das crianças vacinadas.

Outros 10 estados e o Distrito Federal ainda precisam buscar a meta para evitar a doença. Os estados que atingiram a meta de vacinação são: Alagoas, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Espírito Santo, Ceará, Paraná, Santa Catarina, Sergipe, Rio Grande do Sul, Tocantins, Goiás, São Paulo, Rondônia, Rio Grande do Norte e Paraíba.

Em relação aos municípios, 34,5% (1.923) precisam reforçar os esforços para atender a meta de vacinação.


Fonte: Ministério da Saúde
Foto: Pixabay



​Informe sobre Extratos de Utilização

Postado por Arlinda Carvalho em 14 Nov 2019 19:10


Informamos que alguns Extratos de Utilização estão apresentando inconsistências relativas à informação sobre o compartilhamento de despesas.

Nesses casos específicos, não aparecem as despesas que deveriam constar no campo “COM COMPARTILHAMENTO”. No entanto, os beneficiários podem ficar tranquilos, pois a cobrança foi realizada de maneira correta.


Tal inconsistência ocorreu em virtude de ajustes no sistema relativos à alteração das regras de compartilhamento, conforme a decisão do Tribunal Superior do Trabalho, de 02/10/2019.


Em caso de dúvidas, o beneficiário pode ligar gratuitamente para o 0800 888 8116 (Central de Atendimento ao Beneficiário). E se preferir o atendimento presencial, pode também se dirigir às filiais da Postal Saúde nos estados. Clique no link para buscar a unidade mais perto de sua residência.


Lembramos que o Extrato de Utilização pode ser consultado na seção Minha Postal do site da Postal Saúde e no APP da Operadora, com acesso no celular.


Postal Saúde. Sua vida, nossa existência



Hoje é o Dia Mundial do Diabetes

Postado por Arlinda Carvalho em 13 Nov 2019 13:04




Em 14 de novembro, é celebrado o Dia Mundial do Diabetes pela Federação Internacional de Diabetes e pela Organização Mundial de Saúde.

O Diabetes Mellitus (DM) é uma síndrome metabólica de origem múltipla, decorrente da falta de insulina e/ou da incapacidade de a insulina exercer adequadamente seus efeitos. Atualmente, a doença já atinge mais de 400 milhões de pessoas em todo o mundo e cerca de 14 milhões no Brasil (cerca de 7% da população adulta).

O Brasil ocupa o 4º lugar no mundo em número de diabéticos, só perdendo para China (92,3 milhões), Índia (63 milhões) e Estados Unidos (26,4 milhões). A doença continua a aumentar em todos os países. Estima-se que em 2040 haja um aumento para 642 milhões de pessoas atingidas pelo diabetes.

A insulina é produzida pelo pâncreas e é responsável pela manutenção do metabolismo da glicose e a falta desse hormônio provoca déficit na metabolização da glicose e, consequentemente, diabetes. Caracteriza-se por altas taxas de açúcar no sangue (hiperglicemia) de forma permanente.


Confira alguns Mitos e Verdades sobre o Diabetes na página web da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD).

Tipos

- Tipo 1: causada pela destruição das células produtoras de insulina, em decorrência de defeito do sistema imunológico em que os anticorpos atacam as células que produzem a insulina. Ocorre em cerca de 5 a 10% dos diabéticos.

- Tipo 2: resulta da resistência à insulina e de deficiência na secreção de insulina. Ocorre em cerca de 90% dos diabéticos.

- Diabetes Gestacional: é a diminuição da tolerância à glicose, diagnosticada pela primeira vez na gestação, podendo ou não persistir após o parto. Sua causa exata ainda não é conhecida.

- Outros tipos: são decorrentes de defeitos genéticos associados com outras doenças ou com o uso de medicamentos. Podem ser: defeitos genéticos da função da célula beta; defeitos genéticos na ação da insulina; doenças do pâncreas exócrino (pancreatite, neoplasia, hemocromatose, fibrose cística etc.); induzidos por drogas ou produtos químicos (diuréticos, corticoides, betabloqueadores, contraceptivos etc.).


Principais sintomas do Diabetes tipo 1

- Vontade de urinar diversas vezes;

- Fome frequente;

- Sede constante;

- Perda de peso;

- Fraqueza;

- Fadiga;

-Nervosismo;

-Mudanças de humor;

- Náusea;

- Vômito.


Principais sintomas do Diabete tipo 2

- Infecções frequentes;

- Alteração visual (visão embaçada);

- Dificuldade na cicatrização de feridas;

- Formigamento nos pés;

-Furúnculos.


Prevenção e controle

Pacientes com história familiar de DM devem ser orientados a:

- Manter o peso normal; não fumar;

- Controlar a pressão arterial;

-Evitar medicamentos que potencialmente possam agredir o pâncreas;

- Praticar atividade física regular.


Pacientes com Diabetes devem ser orientados a:

- Realizar exame diário dos pés para evitar o aparecimento de lesões;

- Manter uma alimentação saudável;

- Utilizar os medicamentos prescritos;

- Praticar atividades físicas;

-Manter um bom controle da glicemia, seguindo corretamente as orientações médicas.


Data

O 14 de novembro foi escolhido por ser o aniversário de Frederick Banting, o médico canadiano que, juntamente com o seu colega Charles Best, conduziu as experiências que levaram à descoberta da Insulina, em 1921.


Por: Comunicação/Postal Saúde
Fontes: Ministério da Saúde, com Sociedade Brasileira de Diabetes e Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia

​Saúde do homem vai muito além do exame de próstata

Postado por Arlinda Carvalho em 12 Nov 2019 11:01





Novembro é conhecido como o mês de debate e promoção da saúde dos homens. Porém, é importante lembrar que o cuidado não se limita a um mês do ano ou ao tratamento de doenças quando elas aparecem.


Além dos cuidados para prevenir o câncer de próstata, o homem precisa cuidar da sua saúde como um todo, buscando ter qualidade de vida, como integrar na rotina hábitos saudáveis, conviver com amigos e familiares, envolver-se na educação dos filhos e participar de atividades culturais ou esportivas. Essas ações poderão melhorar a saúde física e mental do homem e ainda evitar doenças que prejudiquem sua qualidade.

Com relação ao câncer de próstata, o que se recomenda é um cuidado frequente, vinculado a uma equipe profissional para a prevenção desta e outras doenças, a discussão sobre hábitos cotidianos e o envelhecimento saudável durante toda a vida.

Esse cuidado exige ir além de iniciativas de rastreamento, mas focar na procura, ao longo de todo o ano, por ações e serviços de saúde a partir da Atenção Primária à Saúde. Cuidar da saúde exige atenção, interesse e disponibilidade para olhar para si, seja no ambiente doméstico, seja no ambiente de trabalho, no espaço de lazer e em espaços sociais. Essa atitude proativa e responsável gera impactos reais na sua qualidade de vida e na das pessoas ao seu redor.

Prevenção

Prevenir é uma estratégia excelente para quem quer manter o vigor e a saúde em dia! Os serviços de saúde também estão preparados para orientar em situações de estresse, de sobrecarga mental e de outras situações emocionais. É um espaço para tirar dúvidas e obter instruções acerca de tudo que envolva sua saúde.

Saiba mais em http://saude.gov.br/homem


Fonte: Ministério da Saúde

​Rede São Francisco Odontologia substitui prestadores credenciados da Postal Saúde

Postado por Arlinda Carvalho em 07 Nov 2019 17:05


A Postal Saúde informa que, a partir do dia 18/11/2019, a rede odontológica credenciada (rede direta) da Operadora será substituída por novos prestadores (rede indireta) em oito estados brasileiros: São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul. A mudança deve-se à parceria realizada entre a Postal Saúde e a São Francisco Odontologia, que passará a garantir a assistência odontológica naquelas localidades.

Com a mudança, os prestadores credenciados que atendiam pela Postal Saúde antes da parceria com a São Francisco deixarão de prestar atendimento a partir de 18/11/2019, em cumprimento ao prazo de 90 dias previsto para a rescisão contratual.

No entanto, os beneficiários podem ficar tranquilos, pois a assistência odontológica não será prejudicada, uma vez que a SF Odonto conta com uma ampla rede de prestadores, composta por 8 mil profissionais credenciados em todo o país, sendo 6 mil somente nos estados abrangidos pela parceria.

Vale destacar que a Postal Saúde oportunizou aos credenciados a possibilidade de permanecerem no plano de saúde, por meio de contrato com a São Francisco. Para consultar os prestadores que optaram pelo descredenciamento, acesse o link http://www.postalsaude.com.br/substituicao-de-prestadores/ no site da Operadora.


Indicamos, a seguir, como pode ser feita a busca da nova Rede Credenciada (rede indireta).

Consulta da Rede

A busca pode ser feita pelos canais de comunicação da Postal Saúde e da São Francisco Odontologia. São seis opções. Confira:

1. No site da Postal Saúde: Acesse o Guia Saúde, localizado no canto superior esquerdo do monitor. Depois, escolha a opção “Odontologia e preencha os campos solicitados.

2. No APP da Postal Saúde: Depois de instalar o aplicativo no celular, clique na opção “Rede Odontológica”. Para filtrar os prestadores, digite os dados solicitados: estado, cidade, bairro, serviço e especialidade. Depois, clique em " Continuar" para acessar as opções de prestadores.

3. Nas filiais da Postal Saúde em seu estado. Encontre aqui a filial mais perto de você.

4. Na Central de Atendimento ao Beneficiário da Postal Saúde: É só ligar para o 0800 888 8116. O serviço é gratuito e funciona 24 horas por dia, sem interrupção, inclusive nos domingos e feriados.

5. No site da São Francisco Odontologia, pelo link https://www.saofrancisco.com.br/busca-rede-credenciada

6. Na Central de Atendimento da Rede Odontológica São Francisco, pelo número 0800 18 34 56.


Por: Comunicação/Postal Saúde


​Boletos dos aposentados – inconsistências de informações

Postado por Arlinda Carvalho em 07 Nov 2019 16:15

Informamos que alguns boletos dos aposentados, com vencimento em 10/11/2019, foram emitidos com divergências nos dados relacionados à composição do grupo familiar (titular e dependentes). No entanto, o valor total a ser pago está correto. A inconsistência deve-se a uma falha no momento da impressão dos documentos para envio.

Caso o aposentado queira emitir uma 2ª via do boleto com as informações corretas, basta acessar o link http://boleto.postalsaude.com.br/web/index.php ou solicitar o documento por meio da Central de Atendimento ao Beneficiário, pelo 0800 888 8116. A ligação é gratuita.


Se preferir o atendimento presencial, o beneficiário pode também se dirigir às filiais da Postal Saúde nos estados. Clique no link ao lado para buscar a unidade mais perto de sua residência. Postal Saúde nos estados


Postal Saúde. Sua vida, nossa existência.






4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12